Um filme sobre os fantasmas da Assembleia Legislativa

Compartilhe:

Após a divulgação do portal da transparência, os cidadãos do Rio Grande do Norte finalmente puderam conhecer um pouco do que tinha dentro da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte e a quantidade de funcionários efetivos e cargos comissionados, deixando várias pessoas revoltadas por ter muita gente que está ganhando rios de dinheiro sem nunca ter pisado no Palácio José Augusto, criando vários protestos e linchamentos virtuais vindos de alguns grupos.

Sabendo disso, o potiguar Mark Wynkler, potiguar atualmente residindo no Rio de Janeiro, teve a ideia de realizar um documentário sobre o assunto e anunciou o interesse em seu perfil no Facebook.  A intenção é produzir um filme de forma colaborativa com os cidadãos potiguares.

O título provisório do filme é “Isso é Natal, ninguém se dá muito mal?”, em alusão ao verso da música Linda Baby de Pedrinho Mendes, no qual muitos consideram o “hino” da capital do Rio Grande do Norte.

“Mais do que um mero filme reportagem, realizaremos um documento histórico da verdade não só para nossa capital, mas que também circule por todo o Brasil”, disse a mensagem no Facebook.

A intenção das gravações é que acontecem no final de março, período que o Mark vem para Natal com a intenção de coletar depoimentos dos cidadãos e também de funcionários ditos como fantasmas.  “Longe do achincalhamento e do linchamento público tão comum em tempos de redes sociais, queremos ouvir cada envolvido e saber o que se passa”.

No dia 28 de março, com horário e local divulgado em breve, o Mark quer se reunir com os cidadãos para saber o que eles desejam falar sobre o assunto mais falado da capital.

Assembleia na mira dos cidadãos potiguares
Assembleia na mira dos cidadãos potiguares

“Um filme que sirva de recado e exemplo para todos os políticos e seus apadrinhados, sejam pessoas beneficiadas e/ou empresários mal intencionados que movimentam o jogo do ganha-ganha do poder em outras esferas”.

O filme não terá financiamento coletivo público ou privado e será extremamente colaborativo. A intenção é que seja exibido nos cinemas e festivais de produção audiovisual da cidade e também de outros estados brasileiros que também passam por uma situação semelhante.

Veja a convocação:


Sobre Lara Paiva

Oi, eu sou o Goku. Mentira, meu nome é Lara. Sou jornalista formada pela UFRN, natural de Natal. Sempre fui de humanas. Tem um blog para expor as suas curiosidades e anseios desta vida e mostrar os diferentes lados da vida urbana.

Comentários no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Breche Também

error: Content is protected !!