Parnamirim desenvolveu roupas de proteção ao mosquito da dengue?

Compartilhe:

No meio da notícia que o Rio Grande do Norte possui mais de 300 casos de microcefalia, supostamente causados pela doença zika, causada pelo Aedes Aegypt, um vereador do município de Parnamirim, durante o plenário, nesta quarta-feira (9), mas que virou viral apenas nesta quinta (10) , falou da importância de se prevenir contra o mosquito que também transmite a dengue e a chicungunha.

“Se lavar até 30 vezes esta camisetas que os alunos, vestindo estas camisetas, estão imunes a picada do mosquito”, disse o vereador Antônio Batista (PMDB) durante a 10ª sessão do parlamento legislativo. Ou seja até a 30º lavagem, as pessoas “estão livres” da doença.

O presidente da Câmara, Ricardo Gurgel (PSB), retrucou o colega e disse: “É fácil você passar essa informação vossa excelência dar, difícil é eu acreditar nesta informação, porque tudo se inventa se faz com maior alarde nas televisões e nas redes sociais. Não ouvi isso em lugar nenhum”.

Batista, todavia,  voltou a comentar: “Não espanta o mosquito, ele mata mesmo!”.

O vídeo pode ser conferido a seguir:

O presidente denunciou a compra de um kit de combate a dengue adquirido pela secretaria Municipal de Educação de Parnamirim. O que chamou a atenção dos dois parlamentares foi o valor do kit – R$ 79,90. Segundo Gildásio, 10 mil kits foram adquiridos pela secretaria. O montante da compra chega à quase R$ 800 mil.  O presidente vai protocolar requerimento para que a secretária de Educação, Vandilma de Oliveira, dê explicações sobre o assunto.

O parlamentar Antônio Batista, entretanto, disse que irá se aprofundar sobre o assunto e trazer as garantias pedidas. Sobre o convite para trazer a secretária de educação de Parnamirim, Vandilma Oliveira, o vereador disse que não a convidaria, mas a casa poderia fazer um requerimento solicitando a presença dela, caso os vereadores julguem necessário.

Enquanto isso, 76 municípios do RN apresentam casos de microcefalia.

Em resposta no seu perfil no Facebook, o vereador Antônio Batista esclareceu: “Como já esclarecido em outras mídias sociais, o meu pronunciamento em Sessão da Câmara acerca da camisa e do kit, teve como base a informação da Secretaria de Educação. Todavia, a comissão da Secretaria de Educação me relatou que a camisa apenas faz parte do kit, para a divulgação do programa de combate ao mosquito Aedes Aegypti.”.


Sobre Lara Paiva
Oi, eu sou o Goku. Mentira, meu nome é Lara. Sou jornalista formada pela UFRN, natural de Natal. Sempre fui de humanas. Tem um blog para expor as suas curiosidades e anseios desta vida e mostrar os diferentes lados da vida urbana.

Comentários no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Breche Também

error: Content is protected !!