A bonita história do Parque de Capim Macio

Compartilhe:

Capim Macio é um bairro que fica na zona Sul da cidade e criado no ano de 1993. O bairro surgiu quando parte de sua área verde foi tuilizada como campo de treinamento do Exército na década de 40. Na década de 70, as pessoas começaram a povoar e a construção dos primeiros conjuntos habitacionais, como Mirassol. O nome era por causa da vasta vegetação da região, que hoje nem é tanto assim.

O Parque de Capim Macio é o único espaço verde no bairro. O surgimento veio a partir de uma luta de um grupo de moradores. Eles impediram que uma lagoa de captação ocupasse todo o terreno onde se encontra a área de árvores nativas. É próximo de universidades e supermercados.

ff6e38b28f60bf7f5e7c8d98adabb839

Tudo começou em 2008, naquela época, mesmo sendo um bairro nobre da cidade, muitas ruas do bairro eram de estradas de barro e a Prefeitura realizou obras de saneamento, drenagem e asfalto. Sem contar que estavam construindo diversas lagoas de captação.

Foto que ficou conhecida pela imprensa de moradores impedindo o corte das árvores (Foto: Elisa Elsie)
Foto que ficou conhecida pela imprensa de moradores impedindo o corte das árvores (Foto: Elisa Elsie)

A maior lagoa de captação seria construída em um quarteirão que antes era ocupado por uma chácara, que pertencia à família Pignataro.

A história do Parque de Capim Macio começou quando um grupo de moradores souberam que os moradores da chácara saíram do local e a Prefeitura usaria o terreno para construir uma lagoa de captação. As árvores, que tinham na antiga chácara, eram nativas e estavam sendo derrubadas. Então, os habitantes do próximos ao terreno resolveram tomar uma atitude para impedir a obra.

No dia 13 de novembro, um grupo  olharam os operários no terreno e perceberam que eles estavam derrubando o resto das árvores.

As consequências? O Ministério Público, através da Promotoria do Meio Ambiente, entrou em defesa da não derrubada das árvores e finalmente, conseguiu uma liminar que tomou as licenças ambientais concedidas ao Município. Por conseguinte, os moradores de Capim Macio e o então secretário municipal de Obras Públicas e Infraestrutura, Damião Pitta, decidiram em preservar a área verde e reduzir a lagoa de captação para 56 % do que foi planejado.

Assim, nasceu o Parque de Capim Macio, a partir de uma luta dos próprios moradores.

Apesar de ter conseguido criar um parque, entretanto, falta à parte de urbanização, para que este possa dar segurança aos moradores, permita que as crianças brinquem no local e que os visitantes possam caminhar sem nenhum empecilho e entre outros benefícios.

Atualmente, o espaço está abandonado pelos governantes e virou uma zona de prostituição. De vez em quando é realizado mutirão para limpar o local pelos moradores. O local, recentemente, é utilizado pelo Eco Praça que lhe utiliza para limpar o local e realizar diversos eventos culturais.


Sobre Lara Paiva
Oi, eu sou o Goku. Mentira, meu nome é Lara. Sou jornalista formada pela UFRN, natural de Natal. Sempre fui de humanas. Tem um blog para expor as suas curiosidades e anseios desta vida e mostrar os diferentes lados da vida urbana.

Comentários no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Breche Também

error: Content is protected !!