Quem é o Cabrito? Cantor mais desbocado de Natal

Compartilhe:

Escute este clássico:

Como eu conheci o Cabrito? Graças ao meu amigo Daniel, que fez faculdade de jornalismo comigo. O jovem, que tem um gosto super eclético,  ficava falando no intervalo das aulas sobre o cantor e que iria para os cabarés da vida para assistir. Ele é conhecido pela polêmica música sobre carnaval, que por sinal está chegando, que pode ser conferida a seguir:

Afinal, quem é o Cabrito?

Como vocês perceberam, as músicas são diretas ao ponte. O Cabrito é um dos personagens criado pelo cantor Tertuliano Aires, que é compositor de longa data e já teve músicas interpretadas por diversos artistas, incluindo a famosa cantora do estado Khrystal.

O Cabrito é pornográfico e podemos, considerá-lo, sim, machista em algumas de suas músicas. O personagem se tornou sucesso na internet no início de 2010 e quando faz shows nos cabarés é prejuízo para as prostitutas, pois todo mundo quer ouvir o seu brega pornô.

O personagem surgiu no final dos anos 80, durante o veraneio em Pititinga, litoral Norte do estado. O Tertuliano ficava parodiando as músicas de famosos com letras escrachadas, debochadas e obscenas. Os amigos começaram a incentivar em gravar e foi assim que o personagem apareceu. Inicialmente, as primeiras composições foram feitas em 1997 e as gravações distribuídas em fitas cassetes.

Em 2012, ele lançou o DVD “Os Nominhos Que Ela Tem”, que é uma frase de uma de suas músicas que fala sobre a perseguida (sim, a vagina).

Apesar da fama de Cabrito, Tertuliano é mais antigo. Nasceu em Mossoró e veio para capital do Rio Grande do Norte aos 12 anos, em 1968, pois sua família estava procurando um emprego. Começou a sua carreira musical na década de 70, quando ingressou na banda Alcateia Maldita. Todos integrantes tocavam rock n’roll e faziam músicas próprias. Com o fim da banda, ele começou a escrever as suas canções.

Apesar de estarem no corpo de uma só pessoa, o Cabrito e Tertuliano têm características diferentes. Cabrito ou Tertuliano disse que queria fazer essas canções para obter um diferencial e que faltavam músicas que fossem direto ao ponto. Os ritmos das canções são do estilo brega. Apesar de estarem no corpo de uma só pessoa, o Cabrito e Tertuliano têm características diferentes, visto que a segunda pessoa citada possui um trabalho mais social.

O nome Cabrito surgiu visto que é um dos nomes do demônio que para ele é nada mais que o copo, as vontades e o prazer. Sobre a censura, ele afirma que já sofreu sim e que os movimentos sociais implicam muito com ele.

Há quatro anos fiz uma entrevista com ele para o Portal Nominuto, que pode ser conferida a seguir.


Sobre Lara Paiva

Oi, eu sou o Goku. Mentira, meu nome é Lara. Sou jornalista formada pela UFRN, natural de Natal. Sempre fui de humanas. Tem um blog para expor as suas curiosidades e anseios desta vida e mostrar os diferentes lados da vida urbana.

Comentários no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Breche Também

error: Content is protected !!