Campanha Septo atingiu a metade do objetivo, ajude a websérie

Compartilhe:

Já falei no blog O Chaplin sobre a websérie “Septo”, no início da campnha deles. Uma notícia boa é que eles atingiram mais de 50% do objetivo da campanha de financiamento coletivo. Nesta semana, eles conseguiram arrecadar mais de oito mil reais, faltando 11 dias para acabar a campanha. O objetivo é arrecadar 15 mil reais para fazer cinco episódios que serão disponibilizados online.

Tudo se passará na capital do Rio Grande do Norte. Portanto, não vai ter carioca imitando sotaque nordestino.

A série tem previsão de lançamento para julho e Septo é uma realização da Marmota Filmes em coprodução com o Coletivo Caboré Audiovisual e produção associada do Brasileiríssimos, site recifense que retrata e divulga a cultura brasileira a partir das redes sociais.

Uma equipe de 25 pessoas, alguns com excelentes experiências no audiovisual da cidade, está trabalhando para que o projeto consiga ser viral. Cada episódio terá oito minutos de duração.

A direção geral ficará por conta da produtora Pipa Dantas. Ela vai comandar uma equipe de cinco diretores, cada um responsável por um episódio diferente, que são: Helio Ronyvon, Vitória Real, Victor Ciriaco, André Santos e Tereza Duarte.

Os roteiros foram escritos de forma colaborativa por Alice Carvalho (que interpreta a personagem principal), Aureliano Medeiros e Frank Aleixo.

A série mostrará a vida da natalense Jéssica, uma garota que é triatleta, competirá nos jogos olímpicos do Rio desse ano, possui um piercing no septo (por isso o nome) e tem uma vida bastante regrada pelo pai, que possui problemas com as bebidas.

12729187_229793207362700_1162105240509642415_n

Em uma manhã de treino, a jovem passa mal em mar aberto e é socorrida por Lua, dona de um albergue nas proximidades. Esse encontro fará com que Jéssica repense uma vida inteira aprisionada em abdicação dos seus desejos e felicidade artificialmente programada.

A intenção do projeto é contribuir, de alguma forma, com o avanço da discussão sobre visibilidade LGBT, já que o Rio Grande do Norte figura como o terceiro estado mais perigoso do Brasil para homossexuais.

Ainda dá tempo de ajudar o projeto, corra para o site do Catarse do Septo e ajudar, no mínimo, 10 reais. Se você é ryco, pode doar mais e ganhará algumas recompensas bacanas, como ingressos da festa de lançamento, camiseta, agradecimento e dentre outras coisas.


Sobre Lara Paiva

Oi, eu sou o Goku. Mentira, meu nome é Lara. Sou jornalista formada pela UFRN, natural de Natal. Sempre fui de humanas. Tem um blog para expor as suas curiosidades e anseios desta vida e mostrar os diferentes lados da vida urbana.

Comentários no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Breche Também

error: Content is protected !!