Por que diabos querem destruir a Iemanjá da Praia do Meio?

estátua de Iemanjá na Praia do Meio
Compartilhe:

É quinta-feira, dia 31 de dezembro. Haverá comemorações de ano novo em todas as praias urbanas de Natal. De Ponta Negra até Redinha. Uma das coisas mais tradicionais nas comemorações de fim de ano fica na Praia do Meio, onde muitos amantes da cultura umbanda colocam oferendas para a estátua de Iemanjá que fica no local.

Nas redes sociais, eu vi uma foto de uma pessoa (estou com ódio por ter esquecido de salvar a mensagem) criticando os atos de degradação da escultura, que já teve até as suas mãos arrancadas e pedaços de cimento jogados nela.

Não se sabe esse ódio pela estátua, mas as pessoas devem acreditar em qualquer coisa que se sinta bem.

O jornalista Marcelo Lima nos forneceu boa notícia na Tribuna do Norte de ano novo. Três voluntários fizeram doações para que a imagem de Iemanjá, feita de concreto e ferro, fosse restaurada no ano novo. A intenção é que fique pronta hoje a noite, com as mãos de volta no lugar e toda pintada com as cores originais.

Não é a primeira vez que a imprensa retrata a degradação do monumento. No dia 2 de fevereiro deste ano, quando se comemorou o dia da orixá mais famosa da umbanda, o G1 mostrou o desgaste do monumento, que é mantida pela Federação de Umbanda e Candomblé do Rio Grande do Norte.

Desgastes na Iemanjá (Foto: G1)
Desgastes na Iemanjá é falado na imprensa há tempos. Esse desgaste foi registrado no início deste ano pelo G1 (Foto: G1)

Entretanto, a Feucrn pretende colocar uma outra estátua no lugar da atual. Porém, ainda precisa passar por alguns trâmites burocráticos, como a aprovação do projeto na Câmara Municipal de Natal.

A nova imagem a partir de um edital específico da Fundação Capitania das Artes (Funcarte). Com R$ 86 mil, a entidade conseguiu construir uma escultura em pedra sabão de 3 metros de altura e 2,7 mil quilos.  A estátua tem 15 anos.

Nós já falamos da imagem de Iemanjá no Brechando, clica aqui nesta matéria.


Sobre Lara Paiva

Oi, eu sou o Goku. Mentira, meu nome é Lara. Sou jornalista formada pela UFRN, natural de Natal. Sempre fui de humanas. Tem um blog para expor as suas curiosidades e anseios desta vida e mostrar os diferentes lados da vida urbana.

Comentários no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Breche Também

error: Content is protected !!