Escalando parede em Ponta Negra

Compartilhe:

Sábado de sol, eu aluguei um caminhão? Não, eu fui brechar mais uma vez o bairro de Ponta Negra. Neste sábado (19), o grupo Aventura De Rocha, em parceria com uma academia, promoveram um dia para ficar escalando o muro de nove metros de altura externo à academia. Era destinado para todas as idades, independente se você tivesse experiência em escalar ou não.

O desafio era escalar a parede e quem conseguisse chegar ao topo tinha que tocar o sino. Os equipamentos necessários eram roupas leves e o uso de um tênis sem amortecedor.

“O evento de hoje surgiu a partir da proximidade com o dia de Natal (25 de dezembro), nós começamos um trabalho com turismo de aventura e a gente queria saber que tipo de trabalho beneficente poderíamos fazer”, disse o guia Joanilton Sampaio, conhecido como CN, apelido em homenagem ao seu município de nascença: Currais Novos. “Nem minha mãe chama pelo nome”, brincou o guia.

Como fazia para poder escalar? Doar fraldas geriátricas para o asilo Anísia Pessoa, que fica na cidade de São José de Mipibu, região Metropolitana da capital potiguar.

CN já é aventureiro há bastante tempo. Ele e outros integrantes do grupo Aventura DeRocha, neste momento, estão levando as atividades para um lado mais profissional. “A gente viaja bastante e este ano fizemos bastante aventuras”, comentou.

Os participantes aprenderam um pouco das técnicas iniciais de escalada e utilizarão equipamentos de segurança, como capacete e cadeirinha. A ideia é superar os próprios limites com o máximo de segurança – o que não significa necessariamente chegar ao topo.

image

“A intenção é criar mais atividades do grupo e a gente faz viagens por todo o interior, como escalada nas serras, passeio de trilhas e também acampamentos”.

Até às 15 horas, horário que a gente visitou a escalada, tinha mais de 40 pessoas que toparam em subir as paredes. CN garantiu que todos conseguiram chegar ao topo. “Quem não subiu de primeira, descansava um pouco e se preparava para se aventurar novamente. Durante a primeira vez, as pessoas ficam bastante ansiosas e se cansa mais rápido”, explicou.

O Aventura De Rocha é especializado em turismo de aventura e o foco é o interior do estado, a partir de passeios em Serra Caiada, região do Seridó e outros lugares ótimos para aventura. Eles garantem que os passeios são adaptáveis a todos os perfis. Além de CN, compõem o DeRocha o Igo Soares, Julio Formiga (programador) e Juarez Junior (guia e bugueiro).

A estudante Élida Nóbrega resolveu se aventurar e participou da escalada, sobre a observação do pai e do irmão, no qual ficaram bastante surpresos por ela ter conseguindo ficar escalando por toda a parede. O vídeo dela se aventurando pode ser conferido a seguir:

Um vídeo publicado por Lara Paiva (@paiva_lara) em

“Achei que seria bem mais difícil, mas também não foi nada fácil. Tive bastante dificuldade no final da escalada”, disse a jovem.

Acompanhada dos amigos, a jovem Natalia Guimarães estava esperando a sua vez de subir novamente sobre as paredes.  “Já tentei fazer rapel em Serra Caiada e nesta parede consegui quase tudo, faltou a parte final. Acredito que não consegui por ter ficado bastante nervosa”, contou.


Sobre Lara Paiva
Oi, eu sou o Goku. Mentira, meu nome é Lara. Sou jornalista formada pela UFRN, natural de Natal. Sempre fui de humanas. Tem um blog para expor as suas curiosidades e anseios desta vida e mostrar os diferentes lados da vida urbana.

Comentários no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Breche Também

error: Content is protected !!