Músicas que parecem ser hino de Natal, mas não são

Compartilhe:

Algumas músicas, mesmo sendo compostas em outros estados brasileiros, ficaram tão famosas pelos músicos natalenses que se tornaram hinos da cidade. Sabia que “Chico Bateu no Bode” não é do Grafith? Pois é…Nós conseguimos coletar a história de três canções conhecidas pelos natalenses, que foram adotadas para a cultura potiguar.

O Bode

“Chico bateu no bode, o bode bateu no Chico. O bode apanhou do Chico”. Muitos pensam que esta música é do Grafith, porém não é. Sabe quem compôs esta canção? Carlinhos Brown e o Chico homenageado era nada mais que o seu ex-sogro, o compositor, cantor e escritor, Chico Buarque de Hollanda.

Mas os natalenses preferem ouvir isso:

Durante a montagem do Harlem Shake Natalense, uma das montagens, teve uma homenagem ao “Chico Bateu no Bode”:

Faraó, a Divindade do Egito

“Eu falei FARAÓÓÓ”.  A música que conta a história do Egito Antigo, muitas vezes os natalenses associam erroneamente com o Grafith. A canção já foi interpretada por Margareth Menezes e Ivete Sangalo. A associação se deu graças às páginas da internet que ficavam tirando sarro com a banda potiguar e criou diversos memes sobre o assunto, inclusive no Harlem Shake.

Vermelho

 

“Meu Coração é Vermelho. Hey, Hey…”. A música em homenagem ao boi Garantido de Parintins (AM), conhecida nacionalmente por Fafá de Belém. Mas os torcedores do América Futebol Clube adotaram a canção como a música da torcida, principalmente quando o alvirrubro realiza grandes conquistas, conforme esta reportagem do time quando subiu para a Série A.

 

 


Sobre Lara Paiva
Oi, eu sou o Goku. Mentira, meu nome é Lara. Sou jornalista formada pela UFRN, natural de Natal. Sempre fui de humanas. Tem um blog para expor as suas curiosidades e anseios desta vida e mostrar os diferentes lados da vida urbana.

Comentários no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Breche Também

error: Content is protected !!