Quatro comidas de rua que os natalenses amam

Compartilhe:

O almoço acabou e está com aquele soninho de quem acabou de detonar aquele prato de lasanha. Daqui alguns minutos, o seu estômago se manifestará novamente por algumas comidas que são conhecidas nas ruas de Natal.  Nós listamos quatro comidas de ruas que o natalense ama/sou. Confira a lista a seguir:

1) Açaí

foto-82

Queridinho dos marombeiros de Natal, o açaí deixou de ser tradição apenas no Pará. Diferente do estado do Norte, o açaí daqui é colocado na tigela e é comum ver nas barracas de praias ou lojas especializadas. É feito da poupa da fruta, como se fosse um sorvete, misturada com xarope e coloca diversos recheios.

 

2) Cavaco Chinês

20130118213804

No compasso do triângulo, o homem do cavaco chinês anda nas principais ruas e praias da cidade. Aquele biscoitinho feito apenas de uma massa seca de polvilho ou de farinha de trigo, untada em margarina e preparada em formato tubular (como um canudo) com auxílio de uma prensa. Hoje em dia esses vendedores são bem mais raros, porém ainda conseguimos comprar um.

3) Picolé Caseiro

3110-eleicoes-2-turno2-005

“Vai passando o picolé caseiro, na sua rua, na sua porta”. Quando escutamos esta frase, muitos correm em direção ao homem que vende o picolé. Com menos de cinco reais, você pode levar para casa uma sacola cheia de picolés do sabor pedacinho do céu (que é todo azul), morango, chocolate, leite condensado, doce de leite, mangaba, acerola e dentre outros sabores deliciosos.

4) Sebosão

788839

Alguns chamam de podrão e outros de X-Tudo, mas os natalenses chamam de sebosão, que também é comum no interior do Rio Grande do Norte. Quem nunca saiu de uma festa e correu para aqueles carrinhos de sanduíche? Tem gente que não tem dinheiro pagar aquele lanchinho da praça de alimentação dos shopping e correm para lá. São sandubas enormes e bastante recheados, podendo ter hambúrguer, presunto, milho, batata palha, queijo, ovo e tudo que se imagina.


Sobre Lara Paiva

Oi, eu sou o Goku. Mentira, meu nome é Lara. Sou jornalista formada pela UFRN, natural de Natal. Sempre fui de humanas. Tem um blog para expor as suas curiosidades e anseios desta vida e mostrar os diferentes lados da vida urbana.

Comentários no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Breche Também

error: Content is protected !!