Cine Papai agora é o Cine França

Compartilhe:

Em meados dos anos de 2010, um grupo resolveu abrir um cinema na Rua Vigário Bartolomeu, no bairro de Cidade Alta, há poucos passos da sede da Prefeitura do Natal. Como o Brechando não tem preconceitos e é favor da liberdade sexual,  nós vamos falar deste cinema sim, que atraí curiosos para quem passa naquela via, bastante frequentada na região central da cidade.

Este é conhecido como o Cine França (ex-cine Papai), cujo público mais famoso são os gays, apesar de ter inúmeras fotos de mulheres peladas na porta do estabelecimento. O local, apesar de parecer um clube de striptease se você circular a noite por lá. Na porta da entrada diz logo que os ingressos custam dois reais. A entrada diz logo que eles funcionam das 12 às 21 horas, todos os dias.

A pergunta quem passa naquele canto é a mesma: “Quem vai para esse lugar?”, “Alguém vai para esse lugar?”. O mais engraçado que o local tem duas unidades, sendo que a segunda fica do lado do Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Norte (IGHRN), próximo da Praça João Maria.  A segunda unidade é a que tem mais gente, tinha um amontoado de diversas pessoas na calçada, todos desconfiados a cada carro que passava.

O nome não é por causa que eles gostam da França, mas um dos proprietários é conhecido por este nome, que possui um perfil no Facebook com fotos mostrando que é um cara alto astral e está se ferrando para que os outros pensam (Se ele quiser topar uma entrevista, nós estamos disponíveis rs).  Sem contar que o cara adora se exibir e é totalmente ostentação.

Eles têm até fanpage no Facebook. Lendo a fanpage deste estabelecimento, o local possui uma filial em João Pessoa (quase um Cinemark do Pornô).

Achei matérias em diversos fóruns e sites especializados no público LGBT falando um pouco melhor deste cinema. Mas o blog Calango Tango chegou a entrevistar um dos proprietários quando o cinema ainda era Cine Papai, no qual pode ser conferido neste link.

Antigamente para ver filmes não recomendado para 18 anos, os natalenses mais antigos utilizavam o cine Panorama, no bairro das Rocas. O local era bastante conhecido por exibir por pornô, porém o estabelecimento fechou e virou uma igreja evangélica. Não sabemos em que período exatamente o mesmo fechou.

Muitos cinemas localizados no centro da cidade, no auge de sua decadência, tiveram que exibir pornô para não falir. Um deles foi o Cinema Nordeste, no Centro da Cidade, também teve que usar estas artimanhas para atrair o público até o seu fechamento em 2003.


Sobre Lara Paiva
Oi, eu sou o Goku. Mentira, meu nome é Lara. Sou jornalista formada pela UFRN, natural de Natal. Sempre fui de humanas. Tem um blog para expor as suas curiosidades e anseios desta vida e mostrar os diferentes lados da vida urbana.

Comentários no Facebook

Breche Também

error: Content is protected !!