Prefeitura vai atuar autores da demolição do casarão de Petrópolis

Compartilhe:

Após uma comoção nas redes sociais sobre a demolição do casarão localizado na Avenida Nilo Peçanha, no bairro de Petrópolis, a Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) afirmou que vai atuar quem realizou a demolição a casa. Eles confirmaram que não tinham concedido licença para demolição, conforme analisamos os arquivos do Diário Oficial do Município (DOM).

A fiscalização irá autuar o proprietário por efetuar a demolição sem o alvará, com penalidade de multa prevista no Código de Obras de até R$ 12 mil, como também vai solicitar ao empreendedor a comprovação da destinação correta dos resíduos gerados pela demolição.

Foi protocolado pedido de demolição na sexta-feira, 21, às 12h48, quando o expediente se encerra às 14 horas. O processo só hoje, 24 de agosto, chegou ao Setor de Análise. Não houve, portanto, tempo hábil para analisar o pedido.

“A Semurb entende que apesar de não fazer parte do Centro Histórico de Natal tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico Nacional (IPHAN) em 2010, o prédio possui características históricas e nesses casos, deve ter uma atenção especial antes da emissão do alvará de demolição, inclusive com uma consulta ao próprio IPHAN”, afirmou a nota.

11903281_950824111652065_787190791_n

Mesmo com a demolição, o processo seguirá o seu trâmite normal. Ele será encaminhado ao Departamento de Planejamento, Projeto e Patrimônio da secretaria para um posicionamento acerca do assunto. Os procedimentos administrativos estão sendo tomados pela secretaria, já que foi realizado um serviço sem o devido licenciamento, o que pode caracterizar crime urbanístico e ambiental.

A casa, que já era alvo de muitas modificações, foi demolida na manhã de sábado (22). Em 2011, a casa era a Picuí Espetinhos. Através das redes sociais, a informação é que o terreno vai ser uma nova unidade de uma rede de farmácia que está há pouco tempo na cidade.

Na tarde desta segunda-feira (24), arquitetos se vestiram de preto e colocaram flores nos escombros da casa que foi derrubada. As fotos de Wellington Rocha, do Portal No Ar, mostram um pouco do que foi o protesto.

898290c4427049246720785c4a62d13a

8aec60a4acc1327ae9d4456288e3450b

Mais informações sobre o casarão pode ser conferido neste link.


Sobre Lara Paiva
Oi, eu sou o Goku. Mentira, meu nome é Lara. Sou jornalista formada pela UFRN, natural de Natal. Sempre fui de humanas. Tem um blog para expor as suas curiosidades e anseios desta vida e mostrar os diferentes lados da vida urbana.

Comentários no Facebook

Breche Também

error: Content is protected !!