O que acontece quando chove em Natal em seis fotos

Compartilhe:

Agosto já começa a cessar as chuvas na cidade, porém essa semana choveu bastante. A cidade tem apenas duas estações bem definidas: inverno e verão. Para gente o inverno é nada mais e nada menos que fortes chuvas.

De acordo com a Empresa de Pesquisa Agropecuária (Emparn), as maiores precipitações que aconteceram na cidade foram no mês de junho, mais precisamente no dia 19 de junho, que choveu 69,9 milímetros. Entretanto, as mesmas aconteceram mais na região litorânea e agreste do Rio Grande do Norte, uma vez que a maioria dos municípios está passando por um período de seca. Assim como toda capital brasileira, Natal passa por alguns “perrengues” por conta da chuva.

A lista com fotos das consequências da chuva podem ser vistas a seguir:

1) Poças

 
Pés sujos após pisar numa água provavelmente contaminada ou outra parte do corpo. As poças d’água são algumas “marcas” deixadas com as fortes precipitações. Sem contar que em alguns locais as mesmas deixam o chão escorregadio.  Quem nunca sujou aquela calça maneira após pisar numa grande poça? Ou escorregou? Porém tem gente que gosta e fica fazendo uma pequena piscina particular.


2) Alagamentos

 

Quando os lixos ficam entupindo os bueiros, o que acontece na chuva? Provoca alagamentos, quebrando carros, molhando pessoas e até impedindo as pessoas saírem de casa. O problema é quando a água chega nas casas e danifica as mobílias dos moradores.

3) Buracos

 

Na calçada ou nas ruas, as chuvas provocam buraco e fragiliza a acessibilidade dos carros, pedestres e toda a mobilidade urbana na cidade. O único estabelecimento que ganha dinheiro com isso são as borracharias que trocam os pneus e ajeitam a suspensão do veículo. Além disso, mais prejuízo ao município, pois vai gastar mais dinheiro com recapeamento asfáltico. Sem contar que nas calçadas a locomoção fica mais difícil do que é habitualmente.

4) Lixo

Após o fim dos alagamentos, a força da água traz o lixo dos esgotos de volta às ruas. Provocando um grande odor e sem contar que a população têm contato com certas doenças

5) Mormaço

 

Fim de chuva e vem aquela quentura. O frio que vem para esfriar Natal com as chuvas rapidamente é esquecido com o mormaço. Esta “quentura”, como diz o natalense, é relacionado com a umidade do ar.

6) Roupas de inverno europeu

 

Natalense quer tirar aquele sobretudo do armário uma vez na vida. Quando ocorre alguma chuvinha ou a temperatura cai de 30 graus para 20 graus é comum ver alguns usando até cachecol no pescoço. Quase um país escandinavo.


Sobre Lara Paiva
Oi, eu sou o Goku. Mentira, meu nome é Lara. Sou jornalista formada pela UFRN, natural de Natal. Sempre fui de humanas. Tem um blog para expor as suas curiosidades e anseios desta vida e mostrar os diferentes lados da vida urbana.

Comentários no Facebook

Breche Também

error: Content is protected !!