O que é o Circular ? Por que os alunos da UFRN precisam?

Compartilhe:

Esta imagem acima mostra muito bem o cotidiano da linha Circular. Como o nome já diz, este é o ônibus responsável pelo deslocamento da BR-101 (parada obrigatória para todos os veículos da cidade) até a parte de dentro do campus universitário da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Para a alegria dos alunos, isto é de graça! (sim, novatos da instituição, o circular é de graça, não caia no conto do seu veterano).

Por que ele lota? Muitos alunos para poucos ônibus. Atualmente, são apenas oito circulares existentes para mais de 20 mil pessoas só em Natal. Tem duas modalidades: direto e inverso (anda pela parte de fora do campus, primeiro, e depois entra na parte interna).

Recentemente, os veículos deixavam de circular após 22 horas. Isto foi um erro grotesco, porque o último horário da noite termina 22h15 e deixa os alunos expostos para sofrer um assalto com os abrigos escuros e sem nenhuma estrutura.

Na noite desta terça-feira (25) foi noticiado que um acordo entre os representantes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), do Diretório Central de Estudantes (DCE) e da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU) acordaram que o ônibus circular voltará a fazer o percurso no Anel Viário do Campus Central depois das 22h.

A STTU justificou que as negociações trabalhistas entre a Secretaria e os rodoviários criaram dificuldades para estabelecer um cronograma definitivo, mas apresentou uma proposta emergencial. Quando as negociações forem finalizadas será apresentado um cronograma definitivo.

Depois da reunião ficou acertado que os ônibus circularão obedecendo os seguintes horários: Sentido Direto: 21h43; 22h05 e 22h40. Sentido Inverso: 21h50 e 22h20.

Quem nunca ficou enlatado nele, pediu duas voltas (“DUAS VOLTAS, DUAS VOLTAS…”) quando o motorista anda na rotatória próximo da Escola de Música, caiu após uma freada brusca, saiu correndo para pegar outro busão que está saindo do terminal que fica no Restaurante Universitário ou ficou sentado na porta do ônibus?

Aluno que não ganhou carro da família após ter passado no finado vestibular ou Enem sabe muito bem do que estou falando.

Apesar de todos os problemas, ele é um mal necessário para a vida dos alunos e um importante transporte para sair do setor IV ao RU, das piscinas ao Deart e por aí vai. Tirando uma linha intermunicipal, o Circular é um dos poucos ônibus que podem rodar por dentro da UFRN.

Você sabia que uma bela caminhada da BR-101 até o Setor de Aulas II dura, no mínimo, 40 minutos? Sem contar que nem todos os alunos têm dinheiro todo dia para gastar R$ 2,65 para gastar com cinco a 10 ônibus por dia (a maioria dos alunos não esbanja dinheiro), visto que outras linhas andam pela parte externa do campus, que é enorme e muitas pessoas conseguem se perder facilmente.

circular-weldson-santos
Estes ônibus são tão necessários aos estudantes da UFRN que toda vida que ameaçam em retirar é motivo de reboliço. No ano passado houve uma ameaça em retirá-los e claro que houve um protesto. Também tiveram ameaças de cobrar R$ 2,65 para andar nele,  sem sucesso e usam diversas táticas.

Aquele circular "maroto" #ufrn #caos #transporte #aulas #cotidiano #lotação

A post shared by Lara Paiva (@paiva_lara) on

O Circular não é um favor e sim o direito dos estudantes de conseguir andar pela UFRN de forma tranquila e segura. Apesar das piadas com a superlotação, os alunos entendem que isto é necessário.


Sobre Lara Paiva
Oi, eu sou o Goku. Mentira, meu nome é Lara. Sou jornalista formada pela UFRN, natural de Natal. Sempre fui de humanas. Tem um blog para expor as suas curiosidades e anseios desta vida e mostrar os diferentes lados da vida urbana.

Comentários no Facebook

Breche Também

error: Content is protected !!