Conheça o navio-escola Brasil, que esteve em Natal neste fim de semana

Compartilhe:

Neste fim de semana, o navio-escola Brasil atracou em Natal, mais precisamente no Porto, antes da viagem à Europa. A embarcação ajuda na formação dos oficiais da Marinha do Brasil. O barco de 130 metros e velocidade de 18. Ele esteve aberto gratuitamente para visitação ao público nas tardes deste sábado e domingo. O local funciona como um preparo dos oficiais para situações mais adversas.

Este é o único navio que tem esta função na corporação. Apesar da fila enorme e expectativa grande, os visitantes só puderam conhecer a parte externa do navio.

O Navio-Escola “Brasil” existe há 29 anos, a partir do projeto desenvolvido pela Diretoria de Engenharia Naval, ambos os órgãos da Marinha do Brasil. A manutenção acontece anualmente. Esta é a terceira vez que o navio vem para Natal. A última vez que esteve foi em 2012.

Navio vai partir para Portugal (Fotos: Lara Paiva)
Navio vai partir para Portugal (Fotos: Lara Paiva)

O local possui 453 pessoas, sendo que são 33 oficiais e o restante, alunos. Uma das curiosidades desse navio é a presença de algumas mulheres, e cinco são oficiais. O objetivo do navio é fornecer aulas a partir de práticos juntamente com os conhecimentos teóricos adquiridos pelos Guardas-Marinha na Escola Naval durante o Ciclo Escolar; além do aprimoramento da formação cultural dos futuros Oficiais da Marinha do Brasil.

São ministradas aulas práticas de navegação, meteorologia, marinharia, operações navais, controle de avarias e administração naval, bem como é conduzida a importante fase de adaptação dos Guardas-Marinha à vida de bordo. As aulas acontecem das 8 às 17 horas e algumas vezes no período noturno. A embarcação possui dois canhões, quatro de selva, dois foguetes, além de três radares. Alguns compartimentos do navio são salas onde os estudantes fazem simulações de diversas situações.

Fila enorme para visitação
Fila enorme para visitação

No dia 26 de julho, eles saíram do Rio de Janeiro e atracaram em Natal, no qual vai ser o único porto brasileiro a receber o navio. Depois embarcarão para Portugal, França, Itália, Espanha, Holanda, Alemanha, Inglaterra, Estados Unidos, Colômbia, Equador, Peru, Chile, Argentina e Uruguai. Serão 18 portos em 15 países.

Ao término da viagem, os Guardas-Marinha serão nomeados Segundos-Tenentes e distribuídos por todo o País, de acordo com os seus respectivos Corpo e Habilitação. Aqueles pertencentes ao Corpo da Armada embarcarão nos navios da Marinha; os integrantes do Corpo de Fuzileiros Navais serão designados para os diversos Batalhões e Companhias Independentes; e os componentes do Corpo de Intendentes da Marinha poderão servir a bordo dos navios ou em Organizações Militares em terra.


Sobre Lara Paiva
Oi, eu sou o Goku. Mentira, meu nome é Lara. Sou jornalista formada pela UFRN, natural de Natal. Sempre fui de humanas. Tem um blog para expor as suas curiosidades e anseios desta vida e mostrar os diferentes lados da vida urbana.

Comentários no Facebook

Breche Também

error: Content is protected !!