Primeiro emprego: Como tirar a primeira carteira de trabalho

Compartilhe:

A carteira de trabalho é o primeiro passo para começar a arranjar um empreso, independente se você é aprendiz ou recém-formado. Antigamente, tirar a carteira precisava apenas ir as Centrais do Cidadão em Natal e rapidamente estar em documentos em mãos. Entretanto, você vai ter uma longa jornada para conseguir o caderninho azul em suas mãos e correr para as agências de emprego. O foco deste texto é sobre como tirar a primeira via.

O documento é responsável por registrar toda atividade profissional do brasileiro que trabalha pelo regime da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho). Ela informa a data de admissão, tempo do vínculo empregatício, salário, pagamento do seguro-desemprego e do PIS, férias e a data de saída do emprego. Através desses registros, é possível garantir ao trabalhador direitos trabalhistas como a aposentadoria, o seguro-desemprego e o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

O primeiro passo é marcar o agendamento, que é feito no site do Ministério do Trabalho (MTE). Como é feito isso? Na aba lateral do site está escrito “Atendimento Agendado”, clique. Depois, você escolhe a sede do SRTE desejada. No caso do Rio Grande do Norte existe apenas dois caminhos: Natal ou Mossoró. Então, você começa a registrar os seus dados pessoais, endereço e chega a parte mais chata, escolher a data para marcar o dia de ir fazer o documento.

O problema que você tem que procurar uma brecha, pois sempre estão esgotados e a procura é bastante. Vale lembrar que mais de nove mil pessoas foram demitidas no Rio Grande do Norte em junho. As áreas que mais demitiram foram a construção civil, indústrias, serviços, e comércio.

Esses dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), órgão do Ministério do Trabalho, que também apontou que houve 2188 demissões a mais que o número de contratações em junho. Foi o pior resultado para o mês desde o ano 2003 no RN.

Depois que você fez o agendamento, você vai ao dia e a hora combinada na Superintendência Regional do Trabalho (SRTE). Em Natal, a sede fica na Avenida Presidente Bandeira, no Alecrim, próximo ao supermercado Nordestão. O jovem que for fazer a sua carteira precisa levar os seguintes documentos:

  • Duas fotos 3×4 coloridas, iguais e recentes, com o fundo branco (Nos locais onde se emite a nova Carteira de Trabalho, a foto é tirada na hora)
  • Comprovante de residência (conta de água, luz, telefone, gás, etc);
  • Documento de identificação original (RG, Certidão de Casamento para quem é casado,Certidão de Nascimento no caso dos solteiros, etc);
  • Cadastro de Pessoa Física (CPF).

É muita gente no SRTE, por isso é compreensivo que tenha marcar na internet. Inicialmente, você espera que seu nome apareça na tela e depois conduzido ao guichê. Lá, você entrega toda a documentação e depois você tem que marcar o dia para pegar a carteira, que também estão sempre lotados.

Depois que acaba tudo isso, o documento é entregue nas suas mãos.  O atendimento do SRTE em Natal é das 8 às 18 horas.


Sobre Lara Paiva

Oi, eu sou o Goku. Mentira, meu nome é Lara. Sou jornalista formada pela UFRN, natural de Natal. Sempre fui de humanas. Tem um blog para expor as suas curiosidades e anseios desta vida e mostrar os diferentes lados da vida urbana.

Comentários no Facebook

Breche Também

error: Content is protected !!