Centenário prédio do IFRN Cidade Alta

Compartilhe:

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFRN) foi fundado no ínicio do século XX, mais precisamente 1914. A primeira sede é no antigo Hospital da Caridade, que hoje funciona a Casa do Estudante. Na gestão de Alberto Maranhão, um antigo casarão da Avenida Rio Branco foi cedido para a criação da Escola de Aprendizes Artífices, que depois passou a ser nominada de Escola Industrial de Natal.

O prédio passou por diferentes reformas, entre as décadas de 20 e 30, encampadas pelo Serviço de Remodelação do Ensino Profissional Técnico, numa das quais ganhou o piso superior e a fachada que o caracteriza. Depois, a Escola Industrial se mudou para Morro Branco.

Nesse período foi concedida à Universidade Federal do Rio Grande do Norte, que instalou no local, entre outros órgãos, sua Televisão Universitária, ali funcionando de 1976 a 1995.

Uma das escadaria do IFRN
Uma das escadaria do IFRN

Nesse período, a TVU dividiu o espaço com a Associação dos Funcionários da UFRN (AFURN), a Comperve e o Centro Regional Universitário de Treinamento e Ação (Crutac). O prédio abrigou ainda, entre 1978 e 2008, a Associação dos Veteranos da Força Expedicionária de Natal, a Cooperativa de artesãos, de 1970 a 2008, e, a partir de 1997, vários grupos artísticos reunidos na Associação República das Artes.

Neste período o prédio começou a se desgastar e ter os primeiros sinais de abandono, que sempre era retratado nos jornais.

Parte interna do prédio
Parte interna do prédio

Já nos anos 2000, motivada pela iminência do centenário da escolae pelo estado de abandono em que se encontrava o prédio, a direção da instituição, com o apoio da comunidade acadêmica e de ex-alunos da antiga Escola Industrial, reivindicou a reintegração de posse do edifício, a qual foi aprovada pelo Conselho Superior da UFRN em novembro de 2007. Devidamente restaurado e reinaugurado em 23 de setembro de 2009, mesma data do centenário do Instituto

Hoje IFRN Cidade Alta é o campus relacionados às atividades e projetos culturais, aliando a arte ao ensino acadêmico e cultural entre professores, alunos e comunidade. Lá tem Ensino Médio Técnico e cursos de graduação voltados para área de ciências humanas, como produção cultural e multimídia. Além disso, tem o Museu do Brinquedo, como foi falado nesta matéria aqui, exposições e diversas atividades culturais.


Sobre Lara Paiva
Oi, eu sou o Goku. Mentira, meu nome é Lara. Sou jornalista formada pela UFRN, natural de Natal. Sempre fui de humanas. Tem um blog para expor as suas curiosidades e anseios desta vida e mostrar os diferentes lados da vida urbana.

Comentários no Facebook

Breche Também

error: Content is protected !!